Compartilhe:

Acontece de 13 a 15 de setembro, o III Congresso Internacional de Psicomotricidade Relacional, organizado pela Associação Brasileira de Psicomotricidade Relacional – ABPR. O evento será realizado no ExpoUnimed, em Curitiba (PR).  A terceira edição do congresso tem como tema o desenvolvimento do indivíduo, em conjunto com sua transformação na educação, saúde e assistência social.

Durante o congresso, acontece XIV Fórum Municipal de Educação, abordando a prevenção na primeira infância como prioridade para uma sociedade saudável, trazendo as últimas pesquisas da área.

“Em um momento em que a necessidade de rotular as expressões humanas, bem como o individualismo e o isolamento tem sido recorrentes, voltar nosso olhar com sentimento e emoção para além de comportamentos observáveis, assegura à criança e ao adolescente um espaço de manifestação e fortalecimento de suas subjetividades. Esta é a proposta da Psicomotricidade Relacional”, assinala Leopoldo Vieira, presidente do Congresso.

Criado nos anos setenta pelos franceses, André e Anne Lapierre, a Psicomotricidade Relacional é uma ciência que estuda o indivíduo e a forma como seu corpo pode ser afetado pelo ambiente externo e interno. Tratando de assuntos como o surgimento da consciência humana em relação aos seus movimentos e expressões corporais.

Com o objetivo de desenvolver a capacidade sensorial, trabalhar a comunicação para melhorar a interação social, reforçar a autoestima, a psicomotricidade relacional ajuda a tratar problemas como agressividade, inibição, hiperatividade e TOC (transtorno obsessivo-compulso). O método é utilizado em escolas, clinicas e hospitais, como uma pratica educativa, terapêutica e preventiva.

Evento: III Congresso de Psicomotricidade Relacional

Data: 13 a 15 de setembro

Local: ExpoUnimeds, Curitiba (PR).

Mais informações: congressopsicomotricade.com