Compartilhe:

Alguns anos atrás, o QR Code surgiu como uma grande novidade. O código 2D estava por todos os lugares, em cartazes nas ruas, em campanhas publicitárias e ações de grandes empresas. Hoje em dia, não se fala mais tanto sobre isso, mas a verdade é que o QR Code está implantado em tantas coisas, que nem mesmo percebemos.

A sua invenção aconteceu em 1994, pela japonesa Denso-Wave, pensado originalmente para facilitar os processos da indústria de automóveis. Nos últimos quinze anos, esse código vem sendo implementado no mundo inteiro, como uma forma de facilitar o acesso a informação, contendo diversos dados que podem ficar armazenados no seu celular.

Usado das mais diferentes formas, as informações contidas dentro do QR Code podem estar relacionadas a dados de um produto, como número de fábrica, vencimento e materiais utilizados na sua criação, ou pode funcionar como um cartão de visitas. Cartões com o QR Code, podem conter o site da sua empresa, telefone para contato e endereço, o que diminui as chances do seu futuro cliente ficar sem esses dados se perder o cartão.

Ao longo dos anos inovações e modos criativos de usar o QR Code foram criados. Portugal, criou um QR Code em pedras no meio de uma calçada em Lisboa, esse código especifico, feito a leitura, mostra a seguinte frase: “Acabou de ler o primeiro código QR do mundo feito em calçada portuguesa”, além de informações culturais do país. Logo depois, o método foi adquirido pela cidade do Rio de Janeiro

O código também pode ser inserido nos crachás em feiras e congressos, banners ou adesivos em carros, promovendo a curiosidade no consumidor e após a leitura o direcionando para o site da sua empresa. Uma excelente ferramenta de comunicação, o QR Code pode trazer facilidade e inovação que você esteja procurando e ainda tem muito a ser explorado.